ESCRITOR PARAENSE LANÇA LIVRO QUE RECONTA A LENDA DO CURUPIRA EM GIBI

O livro traz elementos da linguagem dos gibis e ilustrações assinadas pelos artistas gráficos Gizandro Santos e Andy Brito.

ESCRITOR PARAENSE LANÇA LIVRO QUE RECONTA A LENDA DO CURUPIRA EM GIBI

Belém (Pará) - Narrar a história de uma das lendas mais conhecidas da Amazônia é um desafio, no entanto, José Arnaud foi buscar na sua infância no vilarejo do Juaba, interior do município paraense de Cametá, a inspiração nos contos da floresta que cresceu ouvindo. "A relevância de um autor amazônida recontar a lenda do Curupira é a chance de inserirmos elementos genuinamente típicos de nossa região, seja na linguagem e caracterização dos personagens, mas principalmente nas referências visuais da cultura e biodiversidade local", explica.

Segundo o autor, o livro gibi é voltado para crianças de 3 a 8 anos, mas, a família inteira vai se envolver com a história e se conectar com os personagens que exaltam a cultura amazônica, por meio de elementos, costumes, forma de falar e animais típicos da região. Quem quiser, também poderá adquirir um pôster do Curupira e o livro de atividades "Lendas Amazônicas", que apresenta para a criançada outras mitologias da nossa região: Vitória Régia, Iara, Cobra Grande, Boto e Matinta Pereira. A pretensão do autor é em breve produzir novos livros gibi sobre essas outras lendas amazônicas.

O lançamento será em live no dia Nacional do Livro Infantil e terá a participação de convidados especiais, apresentação de esquete teatral e um bate papo sobre a importância da literatura Infantil.

O trabalho é fruto de um projeto que foi selecionado pelo Edital de Livro e Leitura, da Lei Aldir Blanc Pará, promovido pela Secretaria de Cultura do Pará (SecultIPA) com recursos provenientes da lei federal n.º 14.017, de 29 de junho de 2020. A editora é a ONG Rádio Margarida, que já possui outros livros publicados, mas que agora toma a iniciativa de publicar autores paraenses, sendo esse seu primeiro livro infantil. A entidade/organização atua há 30 anos na defesa e promoção dos direitos de crianças e adolescentes. Em contrapartida pela realização da obra, o autor irá distribuir exemplares gratuitos do livro para algumas bibliotecas comunitárias da capital e interior do estado do Pará.