MINISTRO LUÍS BARROSO PEDE ELEIÇÕES LIVRES E SEM 'VOLTA AO PASSADO"

Na publicação, o presidente do TSE destacou que é preciso haver espaço para todos no país.: "Brancos, negros e indígenas. Civis e militares. Liberais, conservadores e progressistas", escreveu.

MINISTRO LUÍS BARROSO PEDE ELEIÇÕES LIVRES E SEM 'VOLTA AO PASSADO"

BRAS√ćLIA - Em publica√ß√£o nas redes sociais neste 7 de setembro, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Lu√≠s Roberto Barroso, pediu que sejam garantidas no pa√≠s "elei√ß√Ķes livres, limpas e seguras". Barroso, que é ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), defendeu ainda que n√£o haja "volta ao passado".

Na publica√ß√£o, o presidente do TSE destacou que é preciso haver espa√ßo para todos no pa√≠s.: "Brancos, negros e ind√≠genas. Civis e militares. Liberais, conservadores e progressistas", escreveu.

O feriado do Dia da Independ√™ncia é marcado por atos contr√°rios e favor√°veis ao governo em v√°rias cidades brasileiras.

Em Bras√≠lia, apoiadores do presidente Jair Bolsonaro re√ļnem-se na Esplanada dos Ministérios, enquanto opositores se concentram ao lado da Torre de TV.

Em S√£o Paulo, grupos favor√°veis ao presidente Jair Bolsonaro v√£o se concentrar na regi√£o da Avenida Paulista, entre a Pra√ßa do Ciclistas e a Avenida Brigadeiro Lu√≠s Antônio. O ato do Grito dos Exclu√≠dos e os movimentos que v√£o protestar contra o governo ficar√£o no Vale do Anhangaba√ļ, no centro da cidade.

No Rio de Janeiro, a manifestação favorável ao governo ocorre em Copacabana. No centro da cidade, está marcada a concentração do Grito dos Excluídos.