Universitarias Club - Acompanhantes

SEPROR realiza oficina de capacitação para núcleo gestor do Plano ABC+ no Amazonas

Atividade terá três dias de duração, terminando com visita a quatro propriedades rurais que desenvolvem pecuária sustentável em Manacapuru.

Airton Schneider, da Sepror, fala na abertura do evento. (FOTO: Isaac Maia/Sepror)

Airton Schneider, da Sepror, fala na abertura do evento. (FOTO: Isaac Maia/Sepror)

MANAUS - A Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror) iniciou, nesta quarta-feira (30/08), a oficina de capacitação técnica para elaboração do Plano Agricultura de Baixo Carbono – Plano ABC+ no Amazonas. Com encerramento na sexta-feira, (1º/09), a oficina tem como objetivo promover a adaptação à mudança do clima e o controle das emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) na agropecuária brasileira, com aumento da eficiência e resiliência dos sistemas produtivos.


Nos dois primeiros dias o encontro acontece no auditório da sede da Sepror, bairro Japiim, zona sul, com apresentação da Política Pública Federal do ABC+, feita por Ricardo Kobal Raski, representante do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa/DF), seguida de Análise e Avaliação dos Dados de Produção da Agricultura e Pecuária, Formação de Grupos de Trabalho, entre outros.

Já o terceiro dia será uma atividade de campo no município de Manacapuru (distante 68 quilômetros de Manaus), onde quatro propriedades rurais, que desenvolvem pecuária sustentável serão visitadas: Fazenda Dona Doquinha, Rancho Paraíso da Genética, Sítio 4 irmãos e Las Marias.


Para Ricardo Kobal, o Plano ABC+ tem de ser estruturado de acordo com as características do Amazonas, para fazer com que os produtores rurais se sintam motivados a participar e alcançar os melhores resultados.

"O Amazonas tem um grande diferencial que já resultou no sucesso do programa em outros estados, que é a presença de órgãos semelhantes ao Idam na maioria dos municípios. Aqui o Idam está presente em todos os 62 municípios com seus escritórios, e isso considero que será determinante para que o Plano ABC+ seja exitoso", disse Kobal.

Participaram da abertura do evento, o secretário executiva adjunto de Política Agrícola e Florestal da Sepror, Airton Schneider; representando o secretário de Produção Rural, Daniel Borges; o superintende do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento MAPA no Amazonas, Guilherme Pessoa; Everton Rabelo Cordeiro, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa); Vanderlei Alvino, diretor-presidente do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam); José Augusto Omena, diretor-presidente da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf); Michele Macedo Bessa, diretora- presidente da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS); e Edjane Rodrigues da Silva, Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado Amazonas (Fetagri)

Sobre o Plano

O ABC+, Plano Setorial para Adaptação à Mudança do Clima e Baixa Emissão de Carbono na Agropecuária com vista ao desenvolvimento sustentável, do Governo Federal, é coordenado pelo Ministério da Agricultura e Pecuária, representado no Amazonas pela Superintendência Federal de Agricultura (SFA), e apresenta a agenda estratégica proposta para continuação da política setorial para enfrentamento à mudança do clima no setor agropecuário, no período de 2020 a 2030. No Amazonas, caberá à Sepror a coordenação de um grupo de trabalho composto também pela Embrapa, Idam e ADS. As primeiras tratativas sobre o Plano ABC+ no Amazonas aconteceram em abril deste ano, na Sepror.